Avaliação da Soldabilidade de Perfis de Alumínio 6082-T6 usando os processos TIG e MIG


:: Artigo completo

Resumo
A liga de alumínio 6082-T6 se apresenta como alternativa para a construção de estruturas que operam em ambiente marítimo, pois possui resistência que supera os 300MPa, e apresenta ainda taxa de corrosão e peso específico muito mais baixos em comparação com os aços. Por outro lado, é fato conhecido que a soldagem degrada parcialmente suas propriedades fazendo com que a resistência mecânica caia significativamente, principalmente na ZTA. É possível encontrar na literatura alguns trabalhos avaliando a soldabilidade desta liga, porém, não são encontradas comparações entre diferentes processos. Neste contexto, o presente trabalho apresenta resultados de avaliações experimentais onde a soldabilidade de perfis com 3 mm de espessura foi comparada usando os processos de maior disponibilidade na indústria, como o MIG e TIG em suas versões convencionais, incluindo ainda comparações com as variantes do MIG Pulsado e CMT. Para caracterizar o desempenho de cada processo foi usado inspeção radiográfica, ensaios de tração, dobramento, análise de parâmetros elétricos e termografia. Os resultados mostraram que todos os processos testados  apresentaram soldas satisfatórias, porém, a resistência mecânica obtida com os diferentes processos variou na faixa entre 54-71% do valor original, sendo que para o mesmo processo foram obtidos resultados consideravelmente diferentes de  acordo com a metodologia de soldagem empregada. A monitoração via termografia mostrou que o método de fixação e o tipo de processo afetaramo tempo de resfriamento do corpo de prova.
Palavras-chave: Comparação de processos de soldagem; Super-envelhecimento; Ligas endurecidas por precipitação, termografia.

Abstract
The 6082-T6 aluminum alloy has potential to be used for construction of structures that operate in maritime environment, since it has ultimate tensile strength that exceeds 300MPa, presents much lower corrosion rate than steels and have less specific weight. On the other hand, the welding procedure promotes partial degradation of its properties, causing considerable strength reduction, especially in the HAZ. In the literature, it is possible to find some works evaluating the weldability of this alloy, however, no comparisons between different processes were found. In this context, the present work showcases results of experimental evaluations where the weldability of extruded profiles with 3 mm of thickness was compared using the most available industrial welding processes: MIG and TIG in their conventional versions, also including the MIG variants Pulsed and CMT. Weld procedures were successfully developed using all the  aforementioned welding processes and the results were evaluated using radiographic inspection, tensile tests, bending, analysis of electrical parameters and thermography. All the selected process provided suitable welds, however, the results showed that the ultimate tensile strength obtained with the different processes varied in the range of 54-71% of the original base metal value. The plate temperature measurement using thermography indicated that the plate fixation method and the type of process might affect the cooling time of the material.
Keywords: Welding Process Comparison, Over-aging; Precipitation-Hardening Materials; Welding Thermography.

Referência
SCHWEDERSKY, M. B.; SILVA, R. H. G.; DUTRA, J. C.; CARVALHO, L. P.. Avaliação da Soldabilidade de Perfis de Alumínio 6082-T6 usando os processos TIG e MIG. XXXVIII CONSOLDA – Congresso Nacional de Soldagem, Setembro de 2018 -
Uberlândia, MG, Brasil.